• Post category:Saúde

O sedentarismo não é um estilo de vida considerado saudável ou ideal em nenhum aspecto, principalmente se tratando da saúde bucal. Isso porque, apesar das pessoas não imaginarem, uma vida ativa ajuda na manutenção de um sorriso mais saudável. 

Dessa forma, é possível afirmar que a prática de exercícios e uma boa alimentação são fundamentais para ajudar na manutenção de uma boa saúde bucal. 

Isso pode ajudar qualquer paciente a ter muito mais do que saúde, uma vez que dessa maneira, ele poderá desfrutar de uma ótima qualidade de vida. 

Entendendo isso, confira a seguir como a saúde bucal se relaciona com o sedentarismo, bem como, entenda a importância de uma vida ativa para dentes mais saudáveis, que por sua vez não precisam de tratamentos como o clareamento a laser, por exemplo. 

Sedentarismo Vs. Saúde bucal

mature man in blue t shirt leaning head on pillow while yawning and looking sleepy front view

A verdade é que o sedentarismo não faz bem para nenhum aspecto da sua vida. Entretanto, quando se trata de saúde bucal, o problema está associado às práticas com o modo de viver, que por sua vez vão ter a ver principalmente com a alimentação.

Isso porque, uma pessoa sedentária tende a se alimentar mal, consumindo muitas comidas e bebidas ricas em gordura e açúcar, por exemplo. 

Essa dieta é um verdadeiro prato cheio para o desenvolvimento de doenças bucais, principalmente para pacientes que utilizam aparelho invisível, como por exemplo:

  • Cáries;
  • Tártaro;
  • Gengivite;
  • Placas bacterianas;
  • Doenças periodontais.

Dessa forma, a prática de exercícios, além de trazer benefícios para a saúde como um todo, através da redução de riscos do desenvolvimento de doenças cardíacas, obesidade, diabetes tipo 2 e alguns tipos de câncer, também pode ser um aliado da saúde bucal. 

Isso porque, pacientes que realizam esportes ou têm uma rotina de exercícios diários contam com uma maior qualidade de vida e melhora na saúde bucal. 

Já que de acordo com um estudo recentemente publicado no Journal of Dentistry, especialistas afirmam que a atividade física feita de forma regular pode melhorar a saúde periodontal.

Em suma, o estudo mostra que as pessoas que se exercitavam regularmente tinham cerca de 54% menor chances de desenvolver periodontite quando comparadas a indivíduos sedentários, principalmente em casos em que o paciente utiliza ortodontia invisível. 

Entretanto, na hora de fazer os exercícios, é preciso prestar atenção e realizar alguns cuidados, uma vez que treinos exaustivos podem trazer problemas à saúde bucal ao invés de ajudá-la.

Em resumo, a principal causa de cáries entre pessoas que praticam esportes exaustivos é devido ao consumo de bebidas ácidas e o ato de respirar com a boca aberta durante o exercício.

Como proteger a saúde bucal na hora de praticar esportes?

Dependendo do esporte, é necessário tomar alguns cuidados extras com os dentes, para além do uso de alinhadores invisíveis, por exemplo. 

Isso porque, o risco de impacto e quebra dos elementos dentários é muito grande para alguns atletas. 

Dessa forma, assim como é preciso utilizar capacetes e caneleiras para praticar alguns esportes, é preciso também adotar protetores bucais, principalmente em atividades relacionadas com lutas ou que possam causar impacto grande na boca. 

Vale lembrar que é muito comum a quebra dos dentes em atividades em que o atleta realiza sem proteção, o que pode prejudicar significativamente a estética de seu sorriso. 

Nesse caso, será necessário a implantação de recursos, como por exemplo, lentes de dente, fazendo com que seja preciso buscar por um aparelho de porcelana preço.

Obesidade pode influenciar na saúde bucal?

Quando o assunto é sedentarismo, o maior perigo envolve o possível desenvolvimento de obesidade, que é uma condição extremamente perigosa para a saúde como um todo.

Além disso, pode provocar outros problemas, como de respiração e no coração que podem até mesmo levar pessoas a óbito.

Ademais, quando envolve saúde bucal, a obesidade também possui um papel de vilã, uma vez que ela pode causar enfermidades orais infecciosas, como cárie dentária e doença periodontal, além do impacto causado na capacidade mastigatória. 

Isso porque, a obesidade pode levar o paciente a apresentar mudanças, como a troca de alimentos ricos em nutrientes por ricos em açúcares e gorduras saturadas. 

Como efeito, a obesidade é, muitas vezes, marcada por uma dieta desequilibrada, que estimula o crescimento de bactérias cariogênicas e favorece o desenvolvimento da lesão nos dentes.

Desse modo, largue hoje mesmo a rotina sedentária. Busque se exercitar e ter uma dieta balanceada para uma melhor condição bucal e dentes saudáveis e bonitos para a vida toda. 
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.